sábado, 27 de setembro de 2008

...

Abandonado, sim. Meio que desprežado. Mas a vida la fora anda interessante, e estou no meio de 2, ou serao 3, viagens. Depois conto. Beijocas a todos!!!

quarta-feira, 17 de setembro de 2008

Histórias felizes :)

E é assim. Lá me rendi em colocar a minha página num desses sites, que mais parecem de engate, mas que dão muito jeito para manter os contactos com o network, e acabei por descobrir uma amiga e colega de faculdade de Lisboa, da qual não sabia há muito tempo. Encontrei-a em Lisboa, aqui há uns quatro anos, por mero acaso. Depois perdi-lhe o rasto. Entretanto vim para Londres e tropeçamos no network virtual. A moça tá linda, tem uma bebé linda, casou, montou o seu negócio, e trabalha na banca no Canadá. E eu fico tão feliz com histórias felizes. Parabéns pela Sienna minha querida Rute. É linda!!!

segunda-feira, 15 de setembro de 2008

...

As boas pessoas podem não perdurar nos cargos...Mas perduram no nosso coração!!!

domingo, 14 de setembro de 2008

Flores

(Eu) Amiga o teu homem ofereceu-me um bouquet de flores...Não fiques ciumenta...

(Amiga) Ai foi? Fico lá ciumenta. Ainda bem que o fez porque tu mereces!!!

Digam lá se são todas as amigas que se podem gabar de ter este tipo de conversas, e confidências. Não são não. Mas as minhas amigas não são umas quaisquer. São as melhores do mundo!!!

P.S - As flores são lindas, não são??!!

sexta-feira, 12 de setembro de 2008

Love...

Um colega de trabalho celebrou, ontem, 10 anos de casado. Num dos "breaks" para café, na sala de convívio, o assunto surgiu e outro colega perguntou se ainda estava apaixonado. "Claro que sim, muito mais agora do que no início". Já assisti a comentários menos positivos, ditos por ele, sobre a vida de casado. Todos sabemos que é feita de altos e baixos. Mas ontem vi-o verdadeiramente feliz. A preparar o jantar romântico, a comprar o cartão (que orgulhosamente ajudei a escrever), a comprar flores e chocolates "Godiva".
Hoje disse-me que a noite tinha sido estupenda. "Mas, hoje de manhã, já tivemos uma pequena discussão", acrescentou. E então? Faz parte. O que interessa é ultrapassar. E depois do arzinho amoroso de ontem, só posso acreditar que os anos passam mas há casamentos felizes.

quarta-feira, 10 de setembro de 2008

Colecção de Postais

Tenho uma amiga portuguesa que vive em Lyon, e foi minha colega na faculdade em Lisboa, que aqui há muitos anos, pelo menos uns 12 pelas minhas contas, me disse que fazia colecção de postais de todo o mundo. Não dos locais que visita, mas dos locais que os amigos visitam. Ou seja, a melhor prenda que lhe podem dar é enviar-lhe um postalinho de um sítio recôndito, que tenha selo e carimbo. Ela delira, fica extasiada, e vai logo mandar um e-mail a agradecer.

Escusado será dizer que, logo que soube da colecção, ofereci-me para ser uma contribuidora. E desde então, como digo há pelo menos 12 anos, em qualquer lugar que pise o pé, com nariz de exploradora, procuro o postalinho e o selo para mandar para a querida amiga. Tornou-se tipo a tarefa mais importante no início da viagem, e quantas vezes lhe mando sms, a pedir a sua morada, porque não me lembrei de levar...

Amiga (agora directamente para ti), perdi a conta de quantos postais já te enviei (lembro-me que pelo menos do México, Cuba, Timor, Indonésia, Tunísia, Finlândia, Reino Unido, Suiça, Itália, Irlanda...Há mais, mas não me lembro)! Sei, no entanto, que se algum dia me mostrares essa colecção, e a minha contribuição, o meu coraçãozinho não vai aguentar de emoção. Vai haver tanta baba e tanto ranho...Puffffffffff!!!

Uma balada inultrapassável...De uma grande senhora...


Sol de Inverno

Sol de Outono...e de Inverno...

Londres é Outono e Inverno. O sol arrefece, já se precisa de mais roupa para aquecer o corpo, o vento da manhã vai gelando a pele, as primeiras chuvas estão a chegar. Mas é nesta altura que Londres fica mais bonita. Que se passa mais tempo no café, que se beberica mais chá, que o jornal é lido com maior atenção, e que na cama se precisa de mais calor. Bebe-se chocolate quente, à noite, enquanto se prepara a mente para o sono da beleza. Mas é assim que Londres ganha um toque especial. Torna-se aconchegante com a chegada do Outono, e a bravura do Inverno :)

sábado, 6 de setembro de 2008

...Respondendo ao desafio da Ana do Castelo...



Dublin, Dublin do meu coração. Há muito tempo, desde Portofino na Páscoa, (bem afinal não foi assim há tanto tempo) que não vinha com uma sensação de alegria e felicidade tão grande duma viagem. Mau mau foi afincar os cornos no trabalho, mas isso é outra história
Aproveitei um feriado recente, em Inglaterra, e basei para Dublin durante três dias. Ao tempo que lá queria ir, mas também prometi a mim mesma que só iria no pico do Verão, pois ouvi tantas vezes que tem dos piores climas do mundo. Apanhei chuviscos no sábado, um dia de sol no domingo e no último dia aguentou-se, só choveu mesmo ao final da tarde. Perfeito, portanto.
Dublin fica a uma hora de Londres de avião. É uma capital histórica, com boa oferta cultural mas o que gostei mesmo mesmo foi do povo, que é super simpático, e da zona de Temple Bar, onde estão concentrados umas dezenas de pubs, onde se toca música celta, ao vivo, se dedilha U2 aqui e acolá, e onde os gajos bebem cerveja Guiness como se de água se tratasse.Gosto tanto dos U2, gosto tanto de música celta que bem podia ter feito esta viagem mais cedo. Mas não interessa!!!
Antes de partir vi o filme de Michael Collins, para me preparar um pouco, em termos históricos, sobre a sublevação irlandesa, na segunda década do século XX, e a estranha relação que têm com os ingleses. E ainda bem que se libertaram, pois não precisam dos ingleses para nada.
A Irlanda, aliás, como todos sabem foi “vítima” dum milagre nos últimos 10 anos, que a tornaram o país com maior crescimento da Europa. Paga neste momento dos melhores salários, e está desenvolvida como o caraças, “unlike us”, apesar de profundamente católica...
Dublin é uma capital cara. Não se come uma refeição média por menos de 25 euros, mas os salários reflectem esse aumento de preços.Há também muito tempo que não via homens tão giros (nem em Itália, excepção feita aos padres do Vaticano), e mulheres também. Com umas cores de cabelo lindíssimas, avermelhadas e sardas. Também nunca tinha visto tanta criança com olho azul.
Para dizer a verdade, levei guias mas pouco me orientei, porque o que me deu um gozo tremendo foi andar perdida. Sim, fui à National Gallery, ao Trinity College (onde estudaram James Joyce, Óscar Wilde, entre outros), visitei a fábrica de cerveja da Guiness, e bebi um pouco da “pint” que me foi oferecida, visitei as principais igrejas, Dublin está repleta de igrejas antigas, mas o que gostei mesmo foi as duas vezes em que dormi, de papo para o sol, em dois jardins públicos, das lojas de bugigangas e livros antigos, e de beber o meu belo original “Baileys” no pub irlandês.
Oh pá, amei os pubs, os gajos bem humorados, a música, e os U2. Eu sei, estou a tornar-me repetitiva. E sabem que mais...?!! Tomei um belo café num bar onde estava a passar a música da Sara Tavares, do último CD. Verdade. Aliás, quero comprar esse CD porque é fabuloso... Deixo-vos então com estas notas, que nem travel tales são, e recomendo vivamente uma visita a Dublin. Entrou para o meu ranking de capitais europeias favoritas!!!

P.S1 - A minha última tara é comprar certos livros em certas cidades. Em Dublin, comprei o “Dubliners” do James Joyce. Antes tinha comprado as “Canterbury Tales” em Canterbury…
P.S2 – Daqui a sensivelmente três semanas há mais tales... Ana, ainda que com uns apontamentos breves, espero ter satisfeito o seu desejo em relação a Dublin :) xxx

sexta-feira, 5 de setembro de 2008

...e não só...


Aproveitei também um feriado recente para ir três dias a Dublin, a capital irlandesa, e vim extasiada. Com os pubs, com a simpatia dos irlandeses, com as igrejas, com a fábrica da Guiness. Enfim, um punhado de boas razões para vadiar.,.

Viagens na "minha" terra...

  • Bath

Nos últimos meses, tenho aproveitado para visitar alguns sítios que conheço e adoro (Como Brighton), e duas cidades históricas inglesas. A primeira foi Bath, uma pequena Roma igualmente encantadora, onde me senti uma personagem dos livros da Jane Austen. É sobretudo conhecida pelos SPAS romanos...

  • Canterbury

Seguiu-se uma visita a Canterbury, outra cidade histórica com dois atractivos principais: a catedral é uma das mais importantes do mundo, e as "Canterbury Tales", histórias de peregrinos de outros tempos...

quarta-feira, 3 de setembro de 2008

Spam

Confesso que estou cansada, fartinha. Andam sempre a mandar e-mails para tentar vender viagra, ou promocoes de cirurgias para por silicone nos airbags. Como diz um colega meu, no alto da virilidade, chega a ser ofensivo...Pois nao preciso nem de um nem de outro. Parem meus senhores! Vao chatear para outro lado!!!