terça-feira, 31 de dezembro de 2013

Não deixas saudades, ano velho!

 

Tempo de novos horizontes, de arrumar assuntos e acreditar que o novo ano trará novas descobertas, boas mudanças e a lufada de ar fresco que preciso. Felizes entradas a todos, e que 2014 seja um Ano Bom!

terça-feira, 24 de dezembro de 2013

Feliz Natal!

                                           *Amor* Paz* Família* Aconchego*Partilha*

sábado, 7 de dezembro de 2013

quarta-feira, 27 de novembro de 2013

Mudar de cenário

Tenho uma amiga que diz que vivo sempre perto de bibliotecas. É um facto que isso tem acontecido sempre que mudo de casa. Não que verifique se há bibliotecas públicas próximas, nunca o faço.  Mudei o ano passado, pela altura do Natal, e desta vez irei ficar a viver onde estou com mais permanência. E sim, a biblioteca mais próxima fica a cinco minutos de casa. Hoje resolvi que ia para lá trabalhar. Mudar de cenário e esquivar-me às várias tentações que me vão fazendo parar em casa. Ou é o café, ou é o biscoito, ou é o email, ou é o face... Enfim, demoniozinhos de que não preciso neste momento, em que tenho tanto trabalho. E foi um dia em grande. Produzi que nem um burro de carga, fiquei lá o dia todo (só parei 20 minutos para vir a casa almoçar) e consegui despachar imenso trabalho. 
É verdade que ainda tenho muito a fazer, e que ainda não estou a ver a luz ao fundo do túnel. Mas que é um espaço super agradável, tranquilo e onde vou voltar disso não tenho dúvidas!

Just cozy ...# 55


segunda-feira, 25 de novembro de 2013

A telenovela real, sem princesa nem rei!


Esta triste telenovela da vida - real - que envolveu a Bárbara e o Carillho dá que pensar. O mundo das celebridades e das figuras públicas, das revistas cor-de-rosa, das vidas efémeras e da felicidade permanente, do amor iluminado pelos holofotes, das produções para as revistas, dos sorrisos sem rugas, das relações etéreas. Do bluff... Um dia a máscara cai e afinal são pessoas como nós. Com problemas e inseguranças, com esqueletos no armário, muitas vezes infelizes, quase sempre a representar. Pensando bem, não são pessoas como nós. São piores. Lavam a roupa suja na praça pública! 

domingo, 24 de novembro de 2013

tic tac tic tac tic tac...

Tenho saudades deste espaço. De escrever e contar histórias, e não me faltariam episódios giros para partilhar. Mas por enquanto não vai sendo possível. Talvez em breve, talvez não tão em breve, mas vou passando por aqui...

Do levar com 'água' e ir avançando...

Esperança sempre. E uma orquestra também ajuda :)!

terça-feira, 19 de novembro de 2013

Natal


É mesmo isso: make it to Christmas break! Não ando a contar os dias, mas estou desejosa que chegue a paragem do Natal. Talvez porque queira fugir com o 'rabo à seringa', ou 'enterrar a cabeça na areia', como a bela avestruz. Seja o que for. Vai saber bem mudar de cenário e esquecer metade dos apertos. Sim porque a outra metade levo comigo, serão 'férias' com trabalho, como vem sendo hábito!

Folhas caídas...

Tatton Park

sábado, 16 de novembro de 2013

Não sei se ria se chore...

                                                                       Leeds
Uma visita a Brighton em trabalho (é a cidade que mais visitei no Reino Unido) e a possibilidade de poder me sentar sozinha num sítio giro pela hora de almoço. Folhear revistas, petiscar, relaxar. 30 minutos de descanso que valeram por 10 horas. Uma alegria imensa e uma sensação de liberdade. É o que dá não saber o que é 'hora de almoço' há pelo menos dois anos...
Uma viagem a Leeds em trabalho (por dois dias) e a alegria de me surpreender com novas descobertas: cidade muito interessante, grande o suficiente, o melhor sítio para compras a seguir a Londres, edifícios novos e modernos, Universidade com um campus enorme, verde e lindo. E é isto que me vai fazendo feliz, no meio das 3000 tarefas. A sensação é esta: está quase tudo errado e, no entanto, vou andar neste emaranhado por ainda muito mais tempo!

segunda-feira, 4 de novembro de 2013

'Bamos' a isso!

Uma semana com eventos, palavras mil, gente complicada, um jantar de trabalho, obras e muito mais. Mas para já começou bem. Há que avançar. Good luck to me, to us!

quarta-feira, 30 de outubro de 2013

What is that supposed to mean?

Ando numa fase em que estou a ser 'atacada' - ou desafiada - por uma avalanche de vermes em várias frentes. O que vale é que o mau feitio também está em forma!

terça-feira, 29 de outubro de 2013

Curiosidades do Butão

Tenho uma aluna do Butão. Descobri logo no primeiro dia de aulas mas ainda não tinha conseguido falar com ela, sem ser durante as aulas. Recentemente veio ter comigo para esclarecer uma dúvida e aproveitei a oportunidade para matar a curiosidade. 
Aqui há 3 ou 4 anos, tinha lido um 'estudo-caso' que explicava a estratégia do país para gerir o número de visitantes. Não querem muitos turistas, só davam 12 mil vistos por ano. Depois mudaram. Quem quiser pode ir mas tem de pagar uma taxa diária de 250 dólares, uma óptima estratégia para os manter isolados e felizes... A minha aluna confirmou que a medida continua em vigor.
Perguntei-lhe pelo novo rei, que estudou em Oxford e casou há dois anos. Ela disse que estava tudo bem, que o país é estável e muito tradicional, mas as pessoas são felizes. «A rainha é minha amiga, fomos colegas na escola secundária», disse. Tenho uma aluna amiga de uma rainha e uma aluna filha de um primeiro-ministro africano (embora ela não saiba que eu sei). Que engraçado!

quinta-feira, 24 de outubro de 2013

Cartas de Inglaterra - Eça, sempre!


Ler as 'Cartas de Inglaterra' estando a viver em Inglaterra é uma experiência muito engraçada. Eça, o nosso génio literário maior, é sempre contemporâneo. Uma engrenagem de palavras que tão bem descrevem o tecido social britânico. Esta 'passagem' sobre Londres está fenomenal. E só me pergunto porque não comecei a ler estas crónicas mais cedo... 

...«Como sabem, Londres só é habitado desde os começos de Maio até aos primeiros dias quentes de Agosto. O resto do ano, Londres é a caída Palmira ou a tenebrosa planície do deserto da Petreia. Ficam lá, é verdade, entre três a quatro milhões de humanidade: mas é uma humanidade subalterna, feita de barro vilão, sem valor social em Inglaterra: é a humanidade que não tem castelos, nem parques de três léguas, nem o seu nome no Livro de Ouro, nem iates de luxo para bordejar nas costas da Escócia; é a humanidade que não tem nas artérias o famoso sangue normando, esse sangue invejado, mais precioso que o de Cristo, cantado por todos os poetas da corte, e que foi importado pelos brutamontes cobertos de ferro e peludos como feras que acompanharam a essas ilhas Guilherme da Normandia. E enfim a humanidade que Carlos Stuart, o Bem Amado, chamava a canalha, e que o grande sacerdote da Bela Helena, o pobre Offenbach, designava, com tanto critério, pelo nome de vil multidão – é o trabalhador, o artífice, o artista, o professor, o filósofo, o operário, o romancista, tudo o que pensa, cria e produz.
É esta fresca ralé que fica em Londres: de modo que apenas a humanidade superior, os dez mil de cima, como aqui tão pitorescamente se diz, partem para os seus castelos, as suas vilas à beira-mar, ou os seus iates – Londres, apenas habitada pela turba abjecta, torna-se sobre a face da Terra como a lamentável Cacilhas.»...

In 'Cartas de Inglaterra', Eça de Queiroz

domingo, 20 de outubro de 2013

Just cozy... # 53

 
Para chegar a Steventon (Hamphsire), a vila onde viveu Jane Austen com a família, este caminho é de passagem obrigatória. Consigo imaginá-la em longos passeios a pé por aqui. Bom dia e bom Domingo!

sábado, 12 de outubro de 2013

Nibbles or nipples?

Isto passou-se há cerca de três anos. Estava a tentar combinar um encontro com um grupo de colegas de trabalho que também são amigos. Uma ida ao pub à sexta-feira, tão típica por estes lados, com mesa farta de cocktails e outras bebidas, e umas entradas para quebrar a fome de jantar. O grupo era heterogéneo, quer em termos de nacionalidade quer de religiões/hábitos. Com uns consegui falar pessoalmente, com outros dois (ambos muçulmanos) mandei sms a informar dos planos. Vamos nos encontrar para uns copos e petiscos: 'Drinks and Nibbles', escrevi eu. Passado uns momentos lembrei-me que a palavra 'Nibbles' (petiscos) é muito parecida com 'Nipples' (mamilos), e fiquei seriamente preocupada. Teria escrito 'Bebibas e mamilos'? Toca de confirmar: nope, felizmente não. Uffffffffff!!!

sexta-feira, 27 de setembro de 2013

Banhos de cultura, take 2!

 
Este ano fui pela primeira vez a um funeral em Inglaterra. Amanhã será um casamento. Experiências!

segunda-feira, 23 de setembro de 2013

Ventos e tempestades


Avizinha-se uma semana de muitos desafios e algumas tempestades. 'Casaco, guarda-chuva', calma e confiança. Ora vamos lá!

domingo, 8 de setembro de 2013

De Verão para Outono

Por estes lados, o tempo esteve maravilhosamente quente e de sol até à última quinta-feira. Depois mudou radicalmente. A sexta foi escura e fresca, mesmo a querer trazer o Outono e as suas cores. Ainda pensei que seria 'fresco de pouca dura', e que o fim-de-semana seria de Verão em modo 'goodbye'... Mas não, o tempo está mais fresco, hoje já houve chuva e sabe mesmo bem estar em casa quentinha. Entre chás, cafés e mantinha. Não fosse o trabalho que tenho em mãos, estaria na cama a ver séries...

Cake design

É impressão minha ou está toda a gente a criar negócios de bolos e bolinhos? Já encontrei nem sei quantos blogues e páginas no facebook. Bolos lindos, diga-se de passagem, embora suspeite sempre que aquelas coberturas perfeitas possam encobrir uma massa medíocre. E será que há clientes para tanto negócio?

sexta-feira, 23 de agosto de 2013

Scotney Castle e o fim-de-semana à porta!



O fim-de-semana, por estes lados, será prolongado com um feriado na segunda-feira. E vai ser aproveitado para fazer um pouco de turismo, perdida pelo mundo rural inglês. Ontem à tarde estive a explorar este castelo - Scotney Castle - no condado de Kent. São dois edifícios históricos, um muito antigo, o outro do século XIX. Um mundo de encantar, e tantas histórias que poderia partilhar. Mas prefiro não prometer nada. Bom fim-de-semana a todos!

quarta-feira, 21 de agosto de 2013

*


E do Quénia rural ela mandou-me uma mensagem tão bonita e confortante. 
Os amigos são anjos!

sexta-feira, 9 de agosto de 2013

Mais 'boom' menos 'boom'!


Este espaço anda a cheirar a mofo. Não que faltem histórias e aventuras para contar, mas a disponibilidade e agilidade mental da autora deste antro tem sido nula. Dois anos sem férias para descansar fazem destas e doutras mossas.

Mas já que por aqui passei, aproveito para partilhar algo que me fez 'gargalhar'. Vem na sequência do lançamento de uma nova música pela senhora Katia Aveiro (a Ronalda). Embora não aprecie o que faz musicalmente, nao tenho nada contra a senhora. Está a seguir o seu sonho e toda a gente deveria fazê-lo. Claro que ter um irmão a financiar sem restrições ajuda, e muito, mas não vejo nada de errado nisso. Se tivesse um irmão milionário e altruísta,  sei muito bem o que estaria a fazer neste momento...

Mas voltando à 'anedota', saiu uma notícia na imprensa a dizer que a sua nova música, 'Boom sem parar',  estava nos tops de Israel. Um dos comentários que se seguiu à noticia dizia mais ou menos isto:
' os Israelitas estão tão habituados a levar com sons pesados, de bombas e bazookas, que mais 'boom' menos 'boom' nem notam a diferença...'

 AAaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaahhhhhhhhhhhhhhhh. Silly season, here we go!

domingo, 28 de julho de 2013

Pêssego donut

Indecisa entre comer um pêssego ou um donut? 
Escolha um pêssego donut, são óptimos e muito menos calóricos :)!

terça-feira, 23 de julho de 2013

Os babies e os castelos e as fadas orianas...

Esta euforia em torno do bebe' da Kate e do William so' me faz concluir o seguinte:
todos os bebes sao reais!

quinta-feira, 18 de julho de 2013

Scary


Hoje vi uma mulher a subir a Fleet Street (coracao da zona financeira) de bicicleta, em vestido formal e com saltos altissimos e grossos. Fiquei a modos que assustada...

segunda-feira, 15 de julho de 2013

Tardes de Verao


Uma tarde estendida na cama a ler (ontem), de janela aberta para que a corrente de ar nao me deixasse ofegante com o calor... E foi tao bom!

Random...

                                             Que saudades da bela sardinha assada ;)!

domingo, 30 de junho de 2013

Constatações...

E depois de ter passado uns dias em casa, na ilha, que foram muito mais de dever do que de lazer, regressei com as mesmas impressões:

- a actual conjuntura está a mudar hábitos
- ainda se vive muito de aparências!

sábado, 15 de junho de 2013

Code Green

Comprei este livro há uns anitos e volto a ele volta e meia, para me fazer lembrar das maravilhas do Mundo. Code Green mostra como o Turismo pode ser desenvolvido de forma responsável e sustentável, contribuindo para aumentar a riqueza das comunidades locais, e protegendo o meio-ambiente. Para além das sugestões e dicas de actividades originais que podemos fazer, este livro dá-nos exemplos de sítios onde ficar, e formas de viajar, fora dos roteiros do turismo de massas, com sugestões em todos os continentes. Porque o que trazemos das viagens são os sorrisos, os cheiros e as experiências que marcam a alma!

terça-feira, 11 de junho de 2013

Um soco no estômago...

Tínhamos chegado a Coughton Court por volta da hora de almoço. O dia estava de sol, e havia bastante movimento à entrada, e nos jardins. Fomos avisados que havia atrasos e que, por essa razão, a visita à casa só poderia ser feita daí a duas horas.
Nestas propriedades, para além da casa principal, há sempre estábulos, leitarias, cozinhas de antigamente, lojas, igrejas, jardins de Inverno e outras tantas coisas que podem ser visitadas, pelo que esperar não seria um problema.
Aproveitámos para ouvir a guia explicar a história da casa, e a justificação que começou por dar, em relação ao tal atraso, foi como um soco no estômago... Ela disse mais ou menos isto: «desculpem, somos muito organizados mas hoje tem sido terrível, uma série de mudanças forçadas... Conseguem ouvir os sinos? Há um casamento, neste momento, na igreja aqui ao lado. Tinha sido marcado para Novembro mas foi antecipado. Infelizmente a noiva tem cancro terminal»... 
Passados 20 minutos, vi os recém casados a caminhar com os convidados no jardim. Nem sei como me senti... E esta história não me sai da cabeça!