segunda-feira, 25 de junho de 2012

Respirar fundo e continuar!

E pronto, quando as más notícias vêm em catadupa só nos resta pensar nos acontecimentos bons e mandar o resto à fava. Não posso controlar o universo, é fazer o que é possível e esperar pelo melhor!

Não é fácil ser 'emigrante' de primeira geração


Factos: todas as pessoas que têm as qualificações mais elevadas na empresa são estrangeiras. Trata-se de um instituto privado de formação superior, logo a formação académica é de elevada importância. Os estrangeiros (alguns de países da UE, logo têm os mesmos direitos que os locais) não são louros de olhos azuis e pele branca. Alguns são de cor, outros latinos e falam inglês com sotaque, naturalmente. E nada disto importa em 'tempos normais'. Acontece que os tempos são de recessão e maior desemprego. De repente, e para algumas chefias locais, a cor da pele, o sotaque e a nacionalidade são mais chatas e evidentes. Quando a 'bagagem' é mais fraca a mesquinhez vem ao de cima. É a vida!

sábado, 23 de junho de 2012

sábado, 16 de junho de 2012

Indoors






Ter de trabalhar ao fim-de-semana, depois de 5 dias de trabalho, é uma chatice. Mas em casa, de pijama e com cafés e paragens, e uma sesta à tarde, custa muito menos. E ao menos não sou tentada pelos saldos que estão em todo o lado... No Harrods começam amanhã :)!

sexta-feira, 15 de junho de 2012

Águas mil...

Li esta manhã que nos próximos 3 dias vai chover tanto que são chuvas que poderiam ser distribuídas por três meses. E no fim da notícia desejaram bom fim-de-semana... How cool is that? O que vale é que o plano é ficar 'indoors', tenho imenso que fazer, e ver a chuva pela janela...

quinta-feira, 14 de junho de 2012

Detesto jogar dinheiro fora, e hoje já aconteceu duas vezes. Gosto ainda menos de mau serviço recheado de sorrisos... Era tão capaz de mandá-los para o #$%&)/$. Never again!

:)

Portugal ganhou e hoje está sol, stop!

segunda-feira, 11 de junho de 2012

Estamos em Junho, é segunda-feira e chove e faz frio... E a semana de trabalho tem 5 dias... E estou cheia de sono.... Stop!

sábado, 9 de junho de 2012

Viva os amigos pá!*


E hoje Portugal começa a sua estreia no Europeu de 2012. Confesso que nunca estive tão desligada da selecção. Não sabia, até meados desta semana, que o jogo era hoje nem com quem iria jogar. Não vi nada desses programas em que se mostra tudo e mais alguma coisa sobre a equipa, que o avião levantou, que aterrou, que comeram torradas, que tomaram banho e cortaram as unhas, felizmente. Hoje vou ver o jogo porque fui convidada por um amigo a juntar-me a um grupo tuga, num restaurante tuga e rever outros amigos, e isso é festa que baste. Pelo meio Portugal vai jogar mas confesso que - embora deseje a melhor sorte à selecção - isso é o menos importante!

* Having said that, aproveito para mandar um grande beijinho à minha amiga C. que está na Polónia a trabalhar na organização do Euro 2012. Diverte-te muito miúda, e vemo-nos muito em breve :)!

quinta-feira, 7 de junho de 2012


Dos sonhos à realidade



Um dia destes sonhei que andava a passear pelos Açores. Um destino que quero visitar, sem dúvida, quando tiver oportunidade, mas sonhar que lá estava foi curioso pois não é algo em que ande a pensar constantemente. Esta noite sonhei que eu e a minha prima estávamos a comer uma sobremesa de limão (a devorar para ser mais precisa), e era tão boa que dissémos que tinha de ser incluída no menu, mesmo mesmo. Este segundo sonho não é concretizável mas tem razão de ser :)!

quarta-feira, 6 de junho de 2012

Capitães de areia


Nos últimos meses, tenho enfrentado situações  que me têm exigido que olhe para determinados acontecimentos sob a perspectiva de outra pessoa,  que me coloque nos olhos de X, Y e Z e volte a avaliar a situação. E se por norma não olho apenas para o meu umbigo, fechada na zona de conforto, confesso que esta obrigação tem sido uma aprendizagem enorme, que me faz espernear menos e reflectir mais.
E isto voltou a acontecer com a leitura dos ‘Capitães de Areia’. Uma história crua, triste e ritmada que conta as vivências, e sobrevivências, de um grupo de meninos sem pai, nem mãe, nem tecto em Salvador da Baía. E Jorge Amado consegue entrar na cabeça deles, entranha-se na alma e no espírito deste grupo de crianças que nada têm, para além da fidelidade uns com os outros.
Não são apenas ‘bandidos’, têm sonhos e pesadelos, procuram criar laços de família entre eles, sonham com uma mãe e cama quente, com um abraço e um lar. Amam a liberdade acima de tudo. Liberdade essa que os faz roubar, enganar, desafiar a polícia e a sociedade. Uma realidade tão triste numa obra muito boa!

sexta-feira, 1 de junho de 2012

Recebi este email da 'Transport for London'


 «Dear Ms RV

I am writing to advise you that central London will be very busy throughout the Diamond Jubilee Bank Holiday weekend*. 
If you intend to be in central London please use public transport, plan your journey to and from London in advance and check before you travel. Tube stations in central London and those along the river will be busier than usual. There will be a number of bus diversions and curtailments»...

Muito obrigada pela informação mas vou estar bem longe do centro da cidade. Quase noutro país, a explorar o campo e as suas belas mansões histórias. Ou pelo menos assim espero! 

* Para quem não sabe, este fim-de-semana será de quatro dias por cá, com feriados na segunda e na terça. Um mimo bem raro. Obrigada sua majestade, e parabéns pelos 60 anos de reinado!