sexta-feira, 2 de setembro de 2011

Para inglês ver

Quando me falam de ir a Manchester, ou se já visitei Manchester, começo a sentir arrepios. Sim estive em Manchester uma vez apenas, corria o ano de 2004. E não faço intenções de lá voltar. Fui a trabalho e não fiquei muito tempo, dois ou três dias se não me engano. 2004 e os anos seguintes foram pródigos para perceber que a Inglaterra não era nada do que pensava. Achava que os ingleses eram todos cavalheiros cultos e educados, tal qual os turistas que, noutros tempos, visitavam a Madeira e de boa linhagem. Não poderia estar mais errada. A Inglaterra tem imensos problemas sociais, grandes faixas da sociedade a viver em bairros de meter medo, muita probreza e muita falta de educação, formal e de nascença. E Manchester é uma grande mancha que representa o que atrás descrevi. Não é glamorosa, nem rica, nem posh. Há meia dúzia desses e mais nada, o resto é medonho, e até perigoso para os estrangeiros. A mentalidade a norte é a de que quem tem 'sotaque' que não é 'British' está cá para roubar empregos. Estou muito bem em Londres, obrigada!

2 comentários:

  1. Pois é para que todos saibamos que todo país tem suas mazelas, não, amiga?
    Beijinhos

    ResponderEliminar